Recomendação para Criadores, SMA

English Czech German Danish French Icelandic Italian Dutch Norwegian Portuguese Swedish

[Traduzido por Roberta Martire, Chatterie des Mûres Sauvages]

SMA é uma desordem autossômica recessiva. Até o momento ainda não sabemos como esta doença afeta a reprodução do Maine Coon; inicialmente pensávamos que ela se encontrava em apenas uma linhagem, mas recentemente foram descobertas outras linhagens afetadas.

Existe um teste de DNA disponível, e ambos os gatos afetados e portadores podem ser diagnosticados. Recomendamos as diretrizes abaixo para gatos reprodutores:

  • É fortemente recomendado testar gatos que tem parentes portadores ou afetados.
  • Testar gatos reprodutores mesmo que sem parentesco com gatos afetados ou portadores é também uma boa idéia, pois gatos portadores têm aparecido em linhagens anteriormente consideradas sem risco.
  • Portadores podem ser usados para reprodução, mas devem somente ser reproduzidos com gatos normais em relação à mutação SMA, e sabendo que 50% da cria será também portadora do gene recessivo mutado. Todos os compradores dos gatos portadores e gatos cujo o status é desconhecido, ou provenientes de combinações em que ambos parentes não são negativos, devem ser informados sobre a doença e sobre os riscos desses gatos serem usados para reprodução. Portadores heterozigotos nunca terão sinais dessa doença; logo essa é uma informação relevante para o comprador. Mesmo sendo improvável que o comprador de um gato de estimação venha mais tarde decidir reproduzi-lo sem contactar antes o criador, é importante que os compradores entendam perfeitamente a natureza dessa doença e a situação do seu filhote.
  • Gatos afetados (com ambos genes SMA mutados) não devem ser usados para reprodução.