Atrofia Muscular da Espinha (SMA) em gatos Maine Coon

English Czech German Danish French Icelandic Italian Dutch Norwegian Portuguese Swedish

[Traduzido por Roberta Martire, Chatterie des Mûres Sauvages]

SMA é uma desordem neuromuscular hereditária que afeta a ossatura e a musculatura do tronco e dos quadris. Uma perda de neurônios nos primeiros três meses de vida provoca uma fraqueza muscular e a atrofia começa a aparecer entre o terceiro e o quarto mês de vida. Filhotes afetados desenvolvem um modo de andar atípico, com uma oscilação que vai da parte de trás dos quadris até os tornozelos. Eles também podem apresentar os dedos dianteiros virados para fora. Por volta de 5-6 meses de vida, os quadris já estão muito fracos para que eles pulem nos móveis e freqüentemente eles se desequilibram quando pulam para descer de algum lugar. O pêlo longo do Maine Coon pode esconder, mas se tocarmos cuidadosamente os seus membros podemos perceber uma massa muscular reduzida. Filhotes afetados não sentem dor, eles comem e brincam normalmente e muitos vivem confortavelmente como gatos de interior e duram muitos anos. É sabido que muitos filhotes afetados vieram de criadores dos Estados Unidos e que foram exportados em larga escala.

Sinais Clínicos

Os primeiros sinais clínicos são observados entre 15 e 17 semanas de vida. Anormalidades iniciais são representadas pela fraqueza do membro posterior e um tremor generalizado. Filhotes afetados perdem a capacidade de pular com firmeza com cinco meses de vida e andam oscilando a parte traseira dos quadris. Alguns sinais observados, ainda que de forma variada, são a sensibilidade anormal quando tocados nas costas, a intolerância ao exercício, e a respiração forçada. Depois de um período inicial de rápida degeneração, a progressão dessa desordem diminui ou estagna num estágio de atrofia variável do músculo, fraqueza e baixa mobilidade.

Hereditariedade

Esta desordem é herdada de um autossôma simples e de caráter recessivo. Para um filhote ter a desordem do SMA, ele tem que ter recebido de ambos os pais uma cópia mutada (recessiva) do gene desta doença, e filhotes machos e fêmeas são igualmente afetados. Os pais do filhotes afetados não mostram sinais da doença, mas são obrigatoriamente portadores.

Como testar
Recomendações para Criadores
Contatos