Displasia da Anca em Felinos

English Czech German Danish French Icelandic Italian Dutch Norwegian Portuguese Swedish

[Traduzido por Roberta Martire, Chatterie des Mûres Sauvages]

Radiografia de um gato com anca regular
Radiografia de um gato com anca regular


HD
Radiografia de um gato com HD de 3º grau,
em ambas ancas

Quando ouvimos falar em dysplasia da anca (coxofemural) e as radiografias que são feitas, a maior parte delas está se referindo à cães. Mas este problema se aplica também à gatos em geral. Displasia da Anca é uma má formação hereditária da da articulação coxofemural (zona pélvica), significando que ela não é tão profunda como deveria ser normalmente. Devido à isso, a inserção do membro traseiro na cintura pélvica é dificultada e a suas extremidades se esfregam uma na outra, causando a degeneração da cartilagem. Em seguida, as juntas dos ossos se tocam diretamente (já que a cartilagem foi perdida), o que é muito doloroso para o gato. O problema é que o organismo não pode renovar a cartilagem e o que ele faz é tentar reparar o problema através do aumento da produção óssea, o que só serve para agravar o estado. Gatos em geral são muito bons em esconder a dor e podem sofrer de Displasia das Ancas sem demonstrarem nada. Ao invés disso, eles se movem cuidadosamente ou menos do que um gato normal e podem ainda evitar saltos. Gatos com baixo grau de HD podem não sofrer nada.

Desde janeiro de 2000, o Maine Coon Cat Club sueco tem mantido um registo público de radiografias do quadril. Este registo é administrado desde junho de 2010 por PawPeds. A recomendação é que todos os gatos de criação deve ser testados para o HD antes de ser usado em um programa de melhoramento genético, a fim de minimizar o HD na raça. O registo é oficial e seu objetivo é encontrar a freqüência de HD na raça Maine Coon. O programa de saúde colabora com o veterinário Dr. Lars Audell que é o grande especialista na matéria, na Suécia. Ele envia as radiografias avaliadas e os resultados do teste para o registro de HD. O último então mantém as radiografias e registra o resultado que estará disponível ao público 60 dias após o proprietário do gato recebeu os resultados. O resultado é encaminhado para o proprietário do gato, assim que o PawPeds receber o pagamento.

Outras raças além do Maine Coons são igualmente bem-vindas ao Programa de Saúde

A dysplasia da anca não é somente encontrada na raça Maine Coon, logo é interessante saber que outras raças também podem participar desse programa de saúde. Essa mal formação aparece na maioria das raças, com muita ou pouca intensidade. Uma vez que tenhamos um certo número de avaliações disponíveis, será também possível para os criadores de cada raça fazerem recomendações mais específicas. O registro de outras raças será armazenado no mesmo arquivo que armazena os dos Maine Coons e o procedimento será idêntico por enquanto.


Recomendações para testar e reproduzir Maine Coons

O protocolo dos níveis existente no sistema é:

  • Normal: ancas normais, sem anomalias
  • Borderline: estrutura não muito perfeita, mas sem sinais de displasia
  • Grade 1: num grau leve
  • Grade 2: ancas moderadamente afetadas
  • Grade 3: ancas muito afetadas

Nós temos sido aconselhados por geneticistas para não fazermos uma seleção muito restrita na hora de escolher os gatos reprodutores nesse primeiro momento do Programa de Saúde. Não seria inteligente excluir totalmente da reprodução os gatos com HD. Portanto, recomendamos que os gatos cujo o resultado do exame mostra "Grade 1" na escala usada na Suécia não sejam automaticamente excluídos da reprodução, mas devem reproduzir somente com gatos sem sinais de HD, ou seja, que apresentem resultado = "Normal".

A Displasia das Ancas é uma má formação hereditária que envolve múltiplos pares de genes. Dois gatos sem sinal de HD juntos podem gerar crias que desenvolverão HD. Dois gatos que apresentam HD podem também gerar filhotes que não desenvolverão HD. No entanto, cada geração de gatos reprodutores deve ser testada para o HD com o objetivo de reduzir o risco do HD se desenvolver.

Resultados e estatísticas do programa de saúde são publicadas regularmente. Vejam abaixo alguns exemplos de registros (2012):

---------------------------------------------------------------------------
                          Offspring from two       Offspring from two HD   
 Tested cats: 2988        parents with unknown     tested parents with     
                   	   hip status:              normal hip status:      
---------------------------------------------------------------------------
 Normal:    1902 (63.7%)  Normal:     650 (58.9%)  Normal:     454 (76.0%) 
 Borderline: 127  (4.3%)  Borderline:  43  (3.9%)  Borderline:  22  (3.7%) 
 Degree 1:   571 (19.1%)  Degree 1:   221 (20.0%)  Degree 1:    82 (13.7%) 
 Degree 2:   295  (9.9%)  Degree 2:   139 (12.6%)  Degree 2:    32  (5.4%) 
 Degree 3:    93  (3.1%)  Degree 3:    50  (4.5%)  Degree 3:     7  (1.2%) 
---------------------------------------------------------------------------

O número de gatos testados para o HD e os resultados ainda são em número bem pequeno, mas o desenvolvimento é promissor. As estatísticas mostram claramente que parentes com ancas normais em geral têm crias com melhores resultados do que parentes cujo o estado da anca é desconhecido.

Radiografia dos Quadris

Informação para o Proprietário do gato

Informação para o Veterinário

Clubes que atualmente participam do Programa de Saúde: